Espectáculos

Segundo "Sextas à Solta"

O Segundo Sextas à Solta terá lugar na próxima Sexta – Feira dia 11 de Março, na Casa da Cultura de Loulé pelas 21.30h. A grande afluência de público aquando da primeira edição do Sextas dá-nos uma motivação redobrada, a todos vós em nome da Casa da Cultura e da equipa do Sextas, o nosso muito obrigado. 
Para os que ainda não sabem, o Sextas à Solta pretende ser um espaço de liberdade criativa, um palco aberto às artes performativas (teatro, dança, música, poesia, vídeo etc…).
Gostarias de participar no Sextas? Contacta a Casa da Cultura de Loulé pelo telefone 289415860 ou pelo email ccloule@ccloule.com

 

Abaixo pode ver um vídeo com algum dos momentos que marcaram o primeiro Sextas à Solta. 

 

 

Artistas Unidos apresentam a peça de teatro "Brilharetes" na Casa da Cultura de Loulé

Peça de Teatro
“Brilharetes”


Artistas Unidos


18 e 19 de Fevereiro
Casa da Cultura de Loulé
Pelas 22 horas

BRILHARETES
(Lustrini)

de Antonio Tarantino

 

As personagens são duas, mais uma terceira que não fala, que talvez se veja ou talvez não, que é, em todos os sentidos, uma projecção. Encontramo-las, na didascália: há o protagonista epónimo, «Brilharetes, um ex-professor primário que optou pela vida da rua, com cerca de quarenta e cinco anos, magro e com rosto de criança»; há o deuteragonista – mas atenção: entre os dois papéis existe um equilíbrio que sucessivamente modifica ou desfaz ou consuma as respectivas funções - , «Cavagna, homenzarrão rude, à volta dos cinquenta, ex-jogador de bilhar medíocre, vigarista e ladrão sem sorte»; e há «Uma sombra que passa na rua e a quem chamam Caim, na realidade: Khaìm». Mas não pode faltar, mais uma vez, o Ausente: que, neste Godot dos pobres – dois miseráveis sentados num banco, debaixo da neve, à espera – , é o director de serviço do hospital, que saca dos «comerciantes que têm um cagaço medonho de morrer e desempocham que nem banqueiros», aquele a quem vão extorquir com uma história triste, segundo “a dica” de Cavagna, uma quantia proporcional à sua má consciência.

Estreia do Sextas à Solta

A estreia das Sextas à Solta é já na próxima sexta-feira dia 28 de Janeiro. Vem participar, traz os amigos, a família e as tuas ideias. Nós garantimos uma noite cultural, cheia de surpresas e animação. 

 

Pelas 21.30h na Casa da Cultura de Loulé, esperamos por ti !!

 

 

Apresentação do novo CD de Afonso Dias “13”

A Casa da Cultura de Loulé irá receber no próximo dia 22 de Janeiro, pelas 21.30h na sua sede (Edf. Eng. Duarte Pacheco n.º 36), a apresentação oficial em Loulé do novo CD de Afonso Dias. Esta actividade pretende dar a conhecer ao público as novas musicas que compõem este novo trabalho de Afonso Dias, intitulado de “13”.
Afonso Dias irá interpretar ao vivo alguns dos temas que podemos encontrar em “13”.

 

  afonso dias
  apr
esenta

13

um novo CD de originais

 

que se chama 13 porque sim - e também porque tem nele 13 canções -  porque 13 é número de magias negras e brancas , associadas à sorte e ao azar - porque o azar é como a água benta: cada qual toma a que quer, embora haja acidentes e quanto a isso paciência, pá - porque a sorte é como a vida: melhora se a gente puxa por ela -  e porque as cantigas continuam a ser precisas para mostrar as nossas zangas, partilhar os nossos afectos,  esbanjar a nossa solidariedade.

e para denunciar a mentira e a iniquidade – sempre!

o afonso dias continua o que sempre foi – um cantor de intervenção, um cidadão atento e participativo, um militante da cultura e da vida.

13 é, pois, um disco de canções de intervenção - políticas, claro -
e de amor, evidentemente – e  divertidas, quase sempre, que para tristezas basta o que basta.

Teatro - Por Entre Valados


       Peça de Teatro
   ”Por entre Valados”


   Dia 15 Janeiro pelas 21.30h


   Casa da cultura de Loulé

 

Páginas

Subscribe to RSS - Espectáculos